Home / Noticias / Temer diz que “população vai compreender” o aumento da tributação sobre combustíveis

Temer diz que “população vai compreender” o aumento da tributação sobre combustíveis

Um novo aumento nos combustíveis está tirando o sono de quem já paga caro por esse tipo de produto. O aumento  está sendo causado por um novo aumento tributação sobre combustíveis, e podem ter uma conseqüência muito maior do que a maioria das pessoas acredita.

Tributação sobre combustíveis acontece em nome da responsabilidade fiscal

O aumento foi anunciado na quinta feira (20) e já passará a ser aplicado na sexta (21). Com isso, evitou-se que as pessoas estocassem combustíveis antes do aumento e que o aumento da arrecadação federal fosse comprometido por isso.

O presidente Michel Temer falou sobre o assunto na Argentina, onde assume  a presidência do Mercosul,  e apresentou os motivos pelos quais esses valores foram reajustados.

De acordo com o presidente “A população vai compreender, porque esse é um governo que não mente. Não dá dados falsos. É um governo verdadeiro. Então, quando você tem que manter o critério da responsabilidade fiscal, a manutenção da meta, a determinação para o crescimento, você tem que dizer claramente o que está acontecendo. O povo compreende”.

De acordo com os cálculos, o reajuste previsto pode aumentar até R$0,89 por litro de gasolina, que foi a mais afetada. O Diesel e o álcool foram menos afetados, sendo que eles vão ter um aumento, em média, de R$0,20 por litro.

tributação sobre combustíveis

De acordo com as projeções do governo federal, que também congelaram R$5.9 bilhões de gastos do orçamento, esta medida vai aumentar a arrecadação em mais R$10.4 bilhões durante o restante do ano de 2017.

Esses valores, associados a serie de cortes feitos no orçamento federal, tem como objetivo aumentar o crescimento econômico e equilibrar o caixa do país, que está em déficit, de acordo com o governo federal.

No que o aumento da tributação sobre combustíveis pode te afetar?

Muitas pessoas não entendem o quanto isso pode afetar diversos serviços, independente de você usar carro ou não.

Esse tipo de aumento na tributação sobre combustíveis faz com que o custo de praticamente tudo tenha um aumento, já que, exceto produtos locais e artesanais, quase tudo é transportado por via rodoviária (uma escolha ruim feita no nosso passado que nos afeta até hoje, já que o transporte rodoviário é notadamente um dos mais caros, em comparação com o ferroviário e o naval/marítimo).

Com isso, é possível esperar pequenos aumentos, sendo que os alimentos podem demorar um pouco para sentir esse aumento, e ainda existe a chance de, por questão de competitividade, algumas empresas assumirem o risco de não repassarem esse custo para o cliente final (pouco provável, mas ainda possível).

Outro ponto importante que este tipo de situação pode causar, no médio prazo, é o aumento do transporte público. As empresas de ônibus, dependendo dos contratos que tem com governos municipais ou estaduais, podem repassar esse valor para a passagem.

O interessante, neste caso, é que até o momento não foi encontrada nenhuma citação a esse aumento de impostos para os GNV, o que faz com que esse combustível se torne ainda mais interessante.

Soluções para seu dia a dia

Muitos especialistas afirmam que a confiança que temos em relação aos combustíveis fósseis (originários do petróleo) precisa ser revista com urgência. Existem projetos, sendo um destaque, por exemplo, à Tesla Motors, de veículos movidos à eletricidade e soluções de transporte urbano diferenciadas, como bicicletas e o uso mais constante de transporte coletivo.

Com a diminuição do uso do carro, você pode economizar não só no combustível, mas na sua academia e inclusive em despesas médicas.

Considere mudanças de estilo de vida como estas e prepare-se para um possível aumento de preços geral.

Com informações do G1

 

Deixe uma resposta