Saiba como evitar multas de rodízio!

0
39

Rodízio é uma das formas de evitar que os congestionamentos em São Paulo se tornem ainda mais insuportáveis do que já são.

Teoricamente a ideia é aumentar o consumo de transporte público ou estimular as caronas, mas o nosso ponto com esse artigo é evitar as multas de rodízio.

Isso geralmente acontece porque ao contrário de outros rodízios que existiam antes, em que o carro é proibido de circular por si só, no rodízio atual existe uma “área de proibição”, que é o chamado centro expandido.

Exatamente por isso existem algumas questões que podem ser consideradas confusas sobre as multas de rodízio. Por isso mesmo existem diversas formas de lidar com essas multas e até recorrer à elas dentro de algumas questões.

Se você tomou uma multa de rodízio e está em dúvida se ela é realmente procedente, acompanhe nosso artigo, pois teremos uma excelente possibilidade de desenvolver esse tipo de situação para você e te mostrar quando a multa de rodízio é procedente ou não.

Como funciona o rodízio e porque existem a multas de rodízio?

O rodízio de veículos é algo extremamente importante para a cidade, porque ajuda o trânsito há desafogar um pouco e ainda dá às pessoas a chance de experimentar formas alternativas de transporte.

Infelizmente não é o que costuma acontecer, porque as pessoas insistem em transitar perigosamente perto do centro expandido, que é a área de proibição do rodízio. Isso significa que as chances de essas pessoas tomarem uma multa de rodízio é muito alta.

Em algumas ocasiões isso é totalmente culpa sua,quando você entra dentro da área do centro expandido com o rodízio já acontecendo, você está infringindo a lei e deve ser multado, mas em alguns momentos o que acontece é um pouco diferente.

A infração de furar o rodízio é de gravidade média, gera uma multa de R$130,16 e 4 pontos na sua CNH. Um ponto importante de ser comentado é que você não pode ser multado mais de uma vez no mesmo período de rodízio,mas pode tomar até duas multas por dia,se for flagrado furando o rodízio de  manhã e à tarde.

Desta forma, tudo o que você precisaria fazer, idealmente, seria evitar usar seu carro um dia por semana. Se isso não for possível, evite o centro expandido dentre às 7 da manhã até as 10 e das 5 da tarde até as 8 da noite.

Exceção ao rodízio e outras questões relacionadas à multa do rodízio?

Como comentamos, existe uma quantidade absurda de desinformação a respeito do rodízio de veículos em São Paulo, e a notícia de que basta entrar em contato no 156 para avisar que está preso no trânsito dentro da área de rodízio.

A realidade é que o rodízio não tem nenhuma exceção desse tipo e você estará sim sujeito à multa se for flagrado. As exceções ao rodízio são de veículos de urgência (ambulâncias e viaturas), transportadores de produtos perecíveis e pessoas com deficiência física, que podem transitar por esse espaço sem nenhum tipo de problema.

Nesse caso a forma mais eficiente de evitar multas no rodízio é tentar não contorná-lo com truques e apenas respeitá-lo em sua integridade. Seu bolso e a cidade agradecem.

Como qualquer infração, é possível se defender contra uma multa de rodízio, mas lembrando que “ficar preso no trânsito na área de rodízio” não é muito bem aceito, assim como desconhecer a lei.

Da mesma forma, é interessante como possibilidade de de justificativa de uma multa de rodízio:

  • O eventual transporte de pessoas com deficiência física
  • Ter acessado á via proibida por alguma urgência
  • Estar transportando uma pessoa ao hospital

Como você pode ver, não é tão difícil assim aprender a respeitar o rodízio e nem saber quando é coerente ir contra essa proibição.

Artigo anteriorVale a pena ser motorista Uber?
Próximo artigoOficina de carros: como não ser enganado pelo mecânico?