Home / Noticias / Qual o melhor combustível para o motor flex?

Qual o melhor combustível para o motor flex?

Uma das maiores questões sobre os motores flex é que existe muita mitologia sobre eles. Muita coisa sem sentido nenhum e que realmente pode causar uma série de problemas quando as pessoas passam a viver de acordo com esses mitos.

Por isso mesmo, decidimos trazer aqui no vermelhinho, um apanhado das melhores informações sobre os motores flex e sua relação com esse tipo de combustível.

Quais são os aspectos centrais de cada um dos combustíveis?

Entender o que a gasolina e o Etanol trazem de diferencial ao seu veículo é especialmente interessante quando estamos falando de um motor flex. Ele definitivamente traz o melhor dos dois mundos, mesmo que você de repente decida (ou precise decidir) usar um combustível só.

Isso é um ponto extremamente interessante sobre motores flex que muitas pessoas simplesmente ignoram: se eventualmente você passar 10 anos usando um veículo flex sem nunca usar essa “função” dele, ou seja, só usar gasolina ou etanol nele, isso é totalmente irrelevante para o motor! Não existe nenhuma diferença mesmo, seno que se você colocar um pouquinho de gasolina no reservatório para partida fria ele vai funcionar mesmo no frio!

Outro ponto que muita gente acha que é verdade, mas é pura balela é a necessidade de usar determinada percentagem de um combustível ou outro. O equipamento que permite que o carro rode em ambos os combustíveis é mais do que capaz de identificar qual é o tipo de combustível usado.

Outra informação que todo mundo diz e que realmente faz sentido é que cada um dos combustíveis afeta a manutenção do veículo de uma forma: com a gasolina você tem mais tranquilidade sobre a lubrificação do motor, já que ele é mais oleoso que o etanol. Enquanto o etanol evita o excesso de depósito de carbono no motor.

Afinal, existem mais diferenças entre os combustíveis em um carro flex?

Existem outras diferenças entre os combustíveis? Na verdade existe uma diferença extremamente importante, mas vamos tratar delas mais para o fim do artigo.

Neste momento tem uma pequena dica que pode ajudar algumas pessoas com carro flex quando precisarem levar o carro para a vistoria: abasteça com etanol!

O Etanol traz menos gases para a atmosfera, ou seja, com essa mudança para a vistoria você pode ter uma chance um pouco maior do seu veículo não ter problemas no teste de emissão de gases, que pode ser a diferença entre o sucesso o fracasso do seu veículo.

Outra coisa extremamente importante: se você estiver totalmente sem combustível e tiver álcool não combustível, não o coloque no tanque.

A única exceção é o chamado álcool hospitalar, que é 96% álcool, esse pode fazer o seu motor funcionar normalmente, embora não por muito tempo.

O álcool mais comum tem 40% de água e vai fazer mal para a mecânica do seu motor, e danificar inclusive os sensores eletrônicos que permitem que o carro rode em ambos.

Agora, aquela informação incrível que realmente vai te fazer pensar no seu consumo.

Qual dos dois combustíveis é mais eficiente?

A realidade é que cada um deles tem a sua vantagem, porque a gasolina tem uma queima mais lenta, ou seja, ela é mais econômica, mas o etanol dá mais potencia ao motor, ou seja, você pode ir mais rápido e tem mais força para subir as ladeiras da vida.

Muitas pessoas dizem que 50%/50% é o ideal, outras que é necessário pelo menos 30% de gasolina no etanol, mas a realidade é que já existe etanol na gasolina que você compra!

Ou seja, mesmo os motores que deveriam usar apenas gasolina, também já usam etanol!

A dica aqui é encher um tanque de cada combustível e ver qual é o mais eficiente, além de quanto tempo você roda com cada um deles, além do valor.

Deixe uma resposta