Home / Noticias / Oficina de carros: como não ser enganado pelo mecânico?

Oficina de carros: como não ser enganado pelo mecânico?

 Oficina de carros em muitos aspectos a é extremamente parecida com um medico, vamos com menos frequência do que deveríamos e geralmente vamos quando existe algum problema.

Outra semelhança é que tanto no médico quando no mecânico é necessária grande confiança, embora nem sempre seja fácil conseguir isso.

Vamos dar dicas bem interessantes de como você pode evitar ser enganado na oficina de carros e o quanto essa relação de confiança e prevenção de problemas pode ser extremamente interessante por diversos motivos para as pessoas.

Para que você não perca mais tempo com tolices, vamos apresentar as dicas fundamentais para criar uma boa relação com o seu mecânico e evitar uma série de problemas que as pessoas costumam ter, além de outras questões relacionadas a esse tipo de relacionamento, que deveria ser muito melhor do que é hoje.

A oficina de carros: você vai o suficiente nela?

Existem dois tipos de pessoas quando o assunto é carro, aquelas pessoas que acham que o carro estará sempre lá, independente de manutenção.

Essas pessoas tem pouca intimidade com a mecânica dos veículos eu aparecem  na oficina de carros quando algo começa a dar errado e tem uma chance considerável de serem enganadas por mecânicos mal intencionados.

Existem, por outro lado, as pessoas que têm a capacidade de entender o quanto é importante um motorista conhecer o seu veículo. eles fazem pequenas ações de manutenção do veículo e entendem pelo menos a base de como os veículos funcionam e por isso mesmo são menos enganados nas oficinas de carros.

Obviamente a melhor pessoa para ser é o segundo tipo, por motivos óbvios. Isso dará a você a capacidade de entender melhor o seu carro,de aprender a fazer parte da manutenção preventiva em casa e de entender melhor como o seu carro funciona,para que você não seja enganado pelo mecânico.

Outra atitude que pode ajudar é se tornar cliente da oficina de carros. Leve seu carro lá eventualmente para trocar o óleo, para fazer um check up, essas coisas que podem fazer com que seu relacionamento com a oficina de carros em questão se torne ainda mais próxima e interessante, impedindo inclusive de você ter problemas com coisas desagraveis.

Criando um bom relacionamento na oficina mecânica!

Muitas pessoas agem erradas desde que entram na oficina mecânica depois reclamam que são enganados ou que seus veículos não recebem aquele “capricho” adicional.

Isso acontece especialmente quando você lida com oficinas independentes e essa oficina tem sempre um zelo maior pelos carros arrumados, porque elas dependem do volume de trabalho, que geralmente é garantido pela quantidade de serviços bem feitos.

Dessa forma, ter um relacionamento amigável e cordial com os mecânicos e demonstrar que você não é totalmente leigo do assunto é uma boa ideia. O que não pode dentro de uma oficina de carros é querer entender mais que o mecânico, escute antes de objetar.

Acompanhe o conserto de perto sempre que possível,isso ajuda a controlar melhor o trabalho sendo feito e pode  ser uma excelente forma de trabalhar essas situações.

Fique atento com os “trabalhos extras “e os “acréscimos”. Alguns são simplesmente desnecessários. Pergunte sempre o que esse novo conserto vai trazer de benefício para o carro, se ele não trouxer nada de bom ou a resposta do mecânico não for boa, não autorize o reparo em questão.

Com essas delas você terá muito mais facilidades de conseguir um bom atendimento e um bom relacionamento na oficina de carros. Até aproxima!

Deixe um comentário