Home / Noticias / Carros autônomos: uma realidade necessária?

Carros autônomos: uma realidade necessária?

Os carros autônomos estão se tornando uma realidade, Gostemos disso ou não eles podem estar cada vez mais presentes, especialmente quando falamos de entregas e outras questões de transporte de carga. Acontece que a tecnologia ainda está em desenvolvimento e apresenta problemas.

Existem diversas questões dentro dessa situação, e cada ponto tem um contra argumento que pode ser levado em consideração, e como qualquer solução de transporte, vai depender do lugar aonde ele explicado.

Vamos discutir os prós e contras dessa tecnologia emergente e mostrar que mais do que resolver problemas e economizar tempo, essa tecnologia pode mudar totalmente o paradigma do transporte por terra como o conhecemos.

Por que o carro autônomo é importante para você? E porque ele pode roubar empregos?

Obviamente a substituição dos motoristas humanos por máquinas tem dois pontos centrais: o primeiro é a capacidade que esse computador tem de tomar decisões de forma rápida e de ser seguro.

De acordo com os testes atuais, uma rede de veículos interligados e funcionando deforma conjunta poderia extinguir praticamente os acidentes de trânsito.

Essa realidade ainda é um pouco irreal neste momento, e acidentes vem se tornando inclusive irônicos em alguns aspectos, como ocaso de um robô de propaganda que foi atropelado por um carro autônomo em Las Vegas.

Se fosse uma pessoa seria trágico, mas as piadas e os memes sobre uma “guerra das máquinas” se tornaram o ponto central da notícia.

Outras questões sobre carros autônomos e como pessoas conseguem hackear seus sistemas ,seja apenas por diversão ou por má intenção,é outro aspecto central da discussão. Como esses veículos vão estar online a chance de um ataque Hacker tornar uma catástrofe automobilística, ou ainda o roubo de cargas por pessoas mal intencionadas.

Dessa forma você pode perceber que existe uma quantidade absurda de tecnologia ainda a ser desenvolvida até que esse tipo de situação se torne uma realidade total.

Por enquanto é mais provável encontrar algumas experiências e carros vendidos com a função mais simples, como manter uma linha reta em uma situação de estrada e avisar o motorista caso algo esteja fora do comum.

Finalmente é importante entender que esse tipo de situação também pode desenvolver tecnologias paralelas, que vamos começar a explicar a partir de agora.

Outras alternativas para o carro autônomo totalmente computacional.

Uma história curiosa sobre esse tipo de tecnologia é sobre trens. O metrô de São Paulo nunca precisou de contar na parte da frente do trem,sendo que ele estala mais para uma urgência extrema,mas ele principalmente está lá para efeito psicológico,pois quando foi lançado, as pessoas tinham medo de andarem um trem que “não tinha condutor” Tanto que a linha amarela não usa condutor.

O problema com carros autônomos, ao contrário dos trens,é a alta quantidade de variações que o computador teria de analisar. Sendo assim,existem alternativas que podem se tornar mais interessantes enquanto as tecnologias se desenvolvem.

Veículos que tem um sistema de navegação autônomo, mas que podem ser assumidos remotamente por meio de uma central no caso de algum problema que vai além da programação da inteligência artificial.

Isso pode acontecer e se tornar uma forma eficiente e diferencia da de transporte como carpool, Já que ao invés de contar com os veículos de outras pessoas, você poderá ter frotas totalmente computadorizada sendo guiados por pessoas apenas em momentos extremos, como baliza ou avenidas movimentadas.

Outro ponto interessante que precisa ser analisado sobre a aplicação desse tipo de tecnologia é a qualidade do sinal de internet no país. Mesmo com conexões diretas via satélite, isso pode ficar mais caro do que deveria, e sempre existe a chance de alguma empresa chegar com alguma solução diferenciada.

Um ponto importante que precisa ser analisado é que o veículo individual como conhecemos, especialmente quando falamos em grandes centros urbanos, estase tornando obsoleto.

Muitos dizem que o carro será substituído por outras opções de veículos no dia adia, especialmente quando falamos de trabalho, e será muito mais um veículo de lazer, como os jet-skis e os barcos hoje em dia.

Ou seja, em cidades menores e mais organizas, os veículos autônomos podem se tornar o serviço principal, mas outras cidades mais caóticas e menos estruturas tecnologicamente, podem precisar de motoristas humanos por muito mais tempo.

Enquanto isso não acontece, você pode ir aproveitando algumas das facilidades que esse tipo de tecnologia traz aos modelos, ais modernos de hoje em dia, como sensores e algumas funções de piloto automático.

Quer continuar ligado em todas as novidades do mundo veículos?Continue aqui no vermelhinho, porque vamos sempre trazer as melhores notícias para você!

Deixe uma resposta